Voltar para lista de conteúdos

Píndaro de Carvalho Rodrigues

Sexta, 14 de janeiro de 2011 por André Costa e Fabrício Mohaupt | tag Píndaro, Seleção, Fundador, Zagueiro, Flamengo, Copa 1930

 

O André Costa, cartunista de mão cheia do Magia, teve uma ideia sensacional. Estávamos conversando e ele me veio com a seguinte pergunta: "O que acha de fazermos uma coluna, nos moldes do Tesouros do Magia, mas só para os jogadores que foram convocados à seleção?". Achei ótimo e concordei no mesmo instante. Assim, nasceu esta coluna, na qual vamos mostrar, ao longo do tempo, a ligação do Flamengo com a Seleção Brasileira, por meio dos jogadores que defenderam as cores das duas Nações. A proposta é ir de mil, novecentos e bisa era mocinha até a Copa de 2014.

Para começar, vamos falar de Píndaro de Carvalho Rodrigues, nascido no dia primeiro de junho de 1892, em São Paulo. O zagueiro foi um dos fundadores do time de futebol do Clube de Regatas do Flamengo. Esteve presente na primeira partida disputada pela equipe e a defendeu por uma década. Seu primeiro jogo foi em três de maio de 1912. O último, em dois de julho de 1922. Disputou oitenta e dois embates, tendo vencido cinquenta e dois deles, e marcado três golos. Foi apelidado de "Gigante de Pedra". Entre seus títulos pelo Mengão estão os campeonatos cariocas de 1914, 1915, 1920 e 1921.

Uniformes da época

 

 

Personagem marcante do Mais Querido, também foi assim na Seleção Brasileira, pois participou do início da história da seleção canarinho, estando presente na primeira partida com uniforme oficialmente utilizado pela seleção brasileira, ou seja, sua primeira convocação foi em vinte e um de julho de 1914. Disputou ao todo oito partidas representando o país, tendo vencido seis delas, empatado uma e perdido outra. Foi campeão da Copa Roca em 1914 e sul-americano em 1919.

Sua história com a Seleção Canarinho não parou por aí. Em 1930, no primeiro mundial organizado pela FIFA, foi o primeiro treinador a dirigir a seleção em uma Copa do Mundo. Disputou cinco jogos oficiais, sendo quatro vitórias e uma derrota, entre catorze de julho e 17 de agosto de 1930.

 Fotos de Píndaro no Flamengo e na Seleção


É isso, Galera do Magia. Queremos contar a história destes ídolos da Nação Rubro Negra e da Nação Brasileira e, também, na medida do possível, fatos marcantes que eles viveram nesta simbiose histórica. Participem com comentários e causos. É a Nação buscando suas raízes e revivendo sua imensa história!

MAGIA NELES!!!
EQUIPE Magia Rubro Negra
andre@magiarubronegra.com.br
fabricio@magiarubronegra.com.br




SetaSIGA O MAGIA
SetaCOLUNAS
SetaCATEGORIA
Conheça nossa homenagem ao Zico Conheça a TV Magia Twitter Youtube Flickr Facebook